HOME Notícias

Notícias

No ILV...

O judô é um esporte educativo por excelência, que permite à criança expressar-se plenamente no contexto lúdico.
O Sensei Victor Veppo explica a importância do judô para os educandos.

O Instituto Laura Vicuña oferece atividade extraclasse de judô para os estudantes dos vários segmentos de ensino. O Sensei Victor Veppo explica a importância do esporte para a criança e o adolescente, buscando uma maneira lúdica de desenvolver os aspectos afetivo,  cognitivo e motor.

O judô foi criado em 1882, no Japão, pelo prof. Jigoro Kano. Quando jovem ele pesquisou e estudou antigas formas de autodefesa e estilos de lutas japonesas dominadas pelos antigos samurais, visando à criação de um sistema único que beneficiasse a uma camada maior da sociedade, desde crianças até idosos e não somente guerreiros. Fundou sua primeira escola e a chamou de Kodokan, “o lugar para ensinar o caminho”,  que ainda hoje é a meca do judô no mundo.

Jigoro Kano tornou-se o primeiro membro asiático do Comitê Olímpico Internacional em 1909 e trabalhou para a propagação do esporte no mundo todo. O Judô passou a fazer parte do programa olímpico oficialmente nos Jogos de Tóquio em 1964.

A UNESCO declarou o judô melhor esporte como formação inicial para as crianças e jovens 4-21 anos e uma prática regular em qualquer idade, permitindo uma “educação física integral”, promovendo, através do conhecimento do esporte, todas as possibilidades psicomotoras (localização espacial, perspectiva, lateralidade, jogar, puxar, empurrar, rastejar, pular, rolar, cair, coordenação conjunta e independente de ambas as mãos e  pés, etc.) e de relacionamento com outras pessoas, utilizando o jogo e a luta como um integrador dinâmico e introduzindo técnico-táticos de esportes de iniciação forma adaptada, além de buscar uma adequação geral, ideal.

O COI (Comitê Olímpico Internacional) considerou o esporte mais completo, uma vez que promove os valores da amizade, participação, respeito e esforço para melhorar.

O judô é um esporte educativo por excelência, que permite à criança expressar-se plenamente no contexto lúdico, canalizando sua energia e reforçando seu caráter (Nunes, 2004). Por meio de técnicas de autodefesa, o aluno aprimora o equilíbrio corporal, aprende a utilizar-se da disciplina e do respeito nas ações e reações, desenvolve a segurança e a autoconfiança. Aprende, ainda, a lidar com suas limitações e a controlar suas emoções. Além de ser uma atividade de relaxamento e de prazer, o judô é uma prática esportiva que desenvolve no aluno a concentração e a possibilidade de analisar e conviver com situações de sucesso e fracasso (Villamón& Brousse, 2002).

Ao contrário da antiga filosofia do “jujutsu” que veicula a ideia de “shin-ken-shobu” – “vencer ou morrer” ou “lutar até a morte” – Jigoro Kano construiu as bases da modalidade no espírito do “ippon-shobu” – “a luta pelo ponto completo”, ou seja, para além de ser um desporto de defesa pessoal, o judô oferece aos seus praticantes a possibilidade de superar suas próprias limitações físicas, mentais e espirituais.

 

Aula de Judô

 

Onde? Instituto Laura vicuña

 

Sensei: Prof. José Victor Peres Veppo

Faixa preta 2º Dan Federação Gaúcha de Judô e Confederação Brasileira de Judô

Presidente da Associação Nippon Judô

 Formado em Educação Física pela URCAMP - Campus Alegrete

 

Horários: Segundas e quartas, das 17h 30 ás 18h 45

Turmas de Ensino Fundamental I e II